quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Africa: see you, see me!





“ A Foto-retrato é um campo de forças fechado. Aí se cruzam, se confrontam e se deformam quatro imaginários. Perante a objectiva, eu sou simultaneamente aquele que eu julgo ser, aquele que eu gostaria de ser, aquele que eu gostaria que os outros julgassem que eu fosse, aquele que o fotógrafo julga que sou e aquele de quem ele se serve para exibir a sua arte “

Roland Barthes in A Câmara Clara







~







































A não perder a exposição “África: see you, see me!” no Pavilhão Preto do Museu da Cidade com curadoria de Awam Amkpa e promovida por AFRICA.CONT.

Fotografias de vários fotógrafos (ocidentais e africanos), de vários períodos temporais (deste a época do colonialismo ao momento actual), que cristalizam diferentes imaginários, usando as palavras de Barthes: retratos de africanos resultantes do olhar dos fotógrafos ocidentais durante o período colonial, retratos de africanos resultantes do olhar de fotógrafos africanos ainda influenciados pela herança do olhar dos fotógrafos colonizadores, retratos de africanos em África fotografados por fotógrafos africanos, retratos de africanos na diáspora, fotografados por fotógrafos africanos e retratos de africanos fotografados por fotógrafos ocidentais pós época colonial.

Não pense no entanto encontrar um percurso temporal linear, a excelente curadoria de Awam Amkpa não cai nesses facilitismos indo muito mais além, colocando em evidência, sem paternalismos e sem complexos de culpa ocidentais, a interacção dos diferentes imaginários referidos por Barthes. Imperdível!

1 comentário:

Introspective disse...

Sei não... depois de ter tido que ler "Os Cus do Judas" do António Lobo Antunes, quero manter distância de qualquer coisa africana por um tempinho!